terça-feira, 25 de maio de 2010

A morte do turista Italiano foi notícia em todo Mundo



Assaltantes matam italiano

25/5/2010


O turista foi atacado por dois ladrões quando estava na companhia de amigos. O crime ocorreu em plena avenida

O italiano Giuseppe Paparone, 52, que passava férias no Ceará com quatro amigos e retornaria à Europa ainda ontem, foi a vítima mais recente da violência que avança na Capital cearense. Ele foi baleado e morto durante um assalto, na noite do último domingo (23), depois que o carro em que o grupo estava apresentou problemas mecânicos na Avenida Washington Soares, no bairro Edson Queiroz.

Segundo a Polícia, os quatro estrangeiros trafegavam pela Avenida Edilson Brasil Soares quando dobraram à direita na Washington Soares e, defronte a um posto de combustíveis, o veículo apresentou uma pane.

Assalto

Os italianos desceram do automóvel, por volta das 22 horas, e dois rapazes em uma bicicleta aproximaram-se. Com um revólver de calibre 38 em mãos, Kilmar Santana de Lima, 22, e o adolescente M.M.O.,17, anunciaram um assalto contra os estrangeiros, ordenando que todos colocassem as mãos para o alto. A dupla tomou todos os pertences do grupo, inclusive carteiras e telefones celulares.

"Quando os bandidos iam fugir, Paparone olhou para Kilmar, e por isso, este disse ter atirado", contou, ontem pela manhã, o capitão Alexandre, do Ronda do Quarteirão, que é o responsável pelo núcleo que compreende os bairros da Sapiranga e Edson Queiroz, onde toda a história se desenrolou.

O tiro acertou o tórax do turista e este foi socorrido pelos próprios colegas, que conseguiram fazer com que o veículo funcionassem. Em poucos minutos, viaturas da Polícia Militar - Ronda do Quarteirão e Polícia Rodoviária Estadual - estiveram no local e os policiais chegaram a solicitar uma ambulância do Samu para o socorro da vítima, mas a viatura não apareceu.

O italiano foi levado para o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), onde, segundo a assistente social Vilani Thé, que estava de plantão, deu entrada em estado gravíssimo. Ele chegou a ser entubado e reanimado, mas não resistiu e pouco depois faleceu. Paparone residia na Suíça e embarcaria de volta ao seu país ainda ontem.

A Polícia Militar fechou o cerco aos bandidos na área e, duas horas depois da morte do italiano, conseguiu identificar e prender os dois envolvidos no crime. Kilmar Santana de Lima e M.M.O., que segundo testemunhas relataram à Polícia, fugiram em direção à Avenida Desembargador Feliciano de Ataíde, foram presos no Conjunto Alvorada pelos soldados Wilton e Rabelo da viatura RD-1090,do Ronda do Quarteirão.

Depois da prisão de Kilmar Santana de Lima, 22, e da apreensão do adolescente M.M.O., 17, a Polícia passou a trabalhar as buscas nos matagais da área do bairro Edson Queiroz a procura da arma utilizada no latrocínio.

Em depoimento na Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), Kilmar Santana confessou a autoria do disparo que matou Giuseppe Paparone . Para a PM, ele afirmou ter abandonado a arma em um matagal na Avenida Desembargador Feliciano de Ataíde logo após o crime.

Diante da confissão, o comandante do Ronda do Quarteirão, coronel PM Werisleik Ponte Matias, esteve no local indicado pelo acusado, ontem pela manhã, com várias equipes do Ronda. As equipes realizaram buscas pela área, a procura do revólver que teria tirado a vida do estrangeiro.

Buscas

Durante várias horas, mais de uma dezena de policiais militares - com a ajuda do próprio acusado - percorreram toda a extensão do matagal e nada encontraram. "Ele afirmou ter jogado aqui o revólver de calibre 38 e quatro telefones celulares pertencentes às vítimas. Acreditamos que a arma não tenha sido abandonada, porque fizemos uma varredura em toda a área e nada foi encontrado", destacou. O próprio comandante acompanhou de perto toda a diligência. A mobilização policial chamou a atenção da população, pessoas que moram e trabalham nas imediações.

Segundo o oficial, Kilmar já responde a processos por roubo a mão armada e tráfico de drogas. Apesar dele ter confessado a autoria do disparo, os amigos do italiano assassinado, que testemunharam o crime, reconheceram o adolescente como o autor do disparo. M.M.O. foi encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Os dois rapazes foram submetidos a exames de parafina e residuográfico para que seja esclarecido quem efetuou o disparo contra o estrangeiro.

A Polícia suspeita que a mesma dupla tenha praticado outros assaltos naquela região da cidade nas horas que antecederam ao crime que vitimou o italiano. Outra hipótese levantada pelas autoridades diz respeito à possibilidade de envolvimento de outras pessoas no crime, inclusive no aluguel da arma de fogo que os criminosos usaram.

Alugadas

Em diversos casos de assaltos ocorridos recentemente em Fortaleza, a Polícia descobriu que os autores dos roubos haviam recebido as armas de terceiros, mediante aluguel. O fato já foi constatado também em diversas investigações feitas pela Polícia, por exemplo, na área da Aerolândia e Lagamar. O garoto envolvido no assalto e morte do turista italiano foi transferido para um Centro de Triagem da Vara da Infância e da Adolescência depois de ouvido em termo de apreensão em flagrante delito na DCA.

DESTAQUE

Crime repercutiu em todo o mundo

A morte do turista italiano Giuseppe Paparone, 52, ocorrida na noite do último domingo em Fortaleza, repercutiu nacional e internacionalmente. Os principais sites de notícias brasileiros, italianos e até mesmo, espanhóis, ingleses e canadenses divulgaram o fato em suas páginas com destaque.

No começo da manhã de ontem, a notícia rapidamente se espalhou pelo mundo e os correspondentes das agências de notícias começaram a buscar informações sobre o caso. Inicialmente, os maiores portais noticiosos brasileiros e as agências se reportaram ao crime. Em seguida, foi a vez dos noticiosos estrangeiros destacarem o fato.

No site de um dos maiores jornais italianos, o ´Corriere Della Sera´, o crime foi traduzido como um "trágico ataque". No título da notícia estava estampado: "Turista italiano ucciso in Brasile (Turista italiano morto no Brasil).

Segundo o site do jornal, o italiano era natural da província de Siracusa, na Sicília, mas estava trabalhando em Zurique. Para o site do periódico ´La Repubblica´, a morte do turista italiano foi reproduzida como um "drama na noite da cidade de Fortaleza", informava o primeiro parágrafo do texto.

Já, no site do ´Il Messaggero´, o destaque era o seguinte: Brasile: turista italiano ucciso per rapina Voleva trasferirsi a Fortaleza (Brasil: turista italiano morto em assalto queria se mudar para Fortaleza). Enquanto os sites noticiavam a morte do italiano, a repercussão negativa crescia em outros setores.

Ligações

Segundo o diretor executivo da Associação dos Italianos no Ceará, Vitório Ricevuti, logo após o início das notícias pela internet em todo o mundo, centenas de ligações começaram a chegar na associação.

Conforme Ricevuti, a maioria dos telefonemas externavam a preocupação de estrangeiros, de vários países, não só da Itália, sobre o problema. "Algumas agências de viagens ligaram informando que alguns clientes já haviam começado a cancelar viagens agendadas para o Brasil. Isso vai repercutir não só no turismo, mas nos investimentos estrangeiros no Estado", disse.

O presidente da associação dos italianos, explicou que, a entidade é formada por aproximadamente 20 mil italianos, que moram no Ceará e por alguns que visitam o Estado todos os anos. "As pessoas procuravam o Ceará pela beleza das praias, mas também pela segurança, que eles não encontravam no Rio de Janeiro e em Salvador. Esse fato trouxe um desconforto muito grande para todos", disse.

Familiares

De acordo com Ricevuti, até o começo da noite de ontem, a associação ainda não havia conseguido entrar em contato com os familiares do italiano morto. "Ele morava na Suíça, mas era natural da Sicília. Estamos em contato nos dois locais tentando localizar os parentes dele".

Segundo Ricevuti, o Consulado da Itália no Ceará já havia iniciado os trâmites legais para o traslado do corpo. Na manhã de hoje, membros da associação e do consulado italiano irão ao Serviço de Verificação de Óbito (SVO) cuidar de detalhes da transferência.

Associação

20 mil italianos fazem parte da Associação dos Italianos no Estado do Ceará. A direção da entidade, que tem sede em Fortaleza, afirma que a morte do estrangeiro trará prejuízos ao turismo do Estado

PLANO INTERROMPIDO

Turista tinha sonho de morar no Ceará

O italiano Giuseppe Paparone tinha um sonho: construir uma casa em uma praia na Região Metropolitana de Fortaleza e adotar a cidade como lar. O sonho foi interrompido de maneira trágica, na noite de domingo, durante um assalto.

"Ele escolheu Fortaleza para viver, mas acabou morrendo na terra na qual gostaria de passar o restante da vida", disse Vitório Ricevuti, diretor executivo da Associação dos Italianos no Estado do Ceará. O sonho de Giuseppe estava perto de ser realizado. A casa onde moraria já estava sendo construída em uma praia do Litoral Leste e deveria ficar pronta até o próximo ano, quando ele se mudaria definitivamente para o Ceará.

Para Vitório Ricevuti, assim como Giuseppe, muitos estrangeiros escolhem o Ceará como lar, mas também investem dinheiro em outros empreendimentos no Estado.

Segundo Ricevuti, ele mesmo foi um desses estrangeiros que adotou Fortaleza como lar. "Moro há quase 20 anos aqui. Escolhi viver aqui nessa cidade não só pelas belezas da terra, mas, sobretudo, pela tranquilidade". De acordo com Ricevuti, a violência contra os estrangeiros cresceu nos últimos anos.

"Eles vêm para cá inocentes, nem sequer imaginam que podem ser assaltados e, muito menos, mortos aqui no Ceará. Com casos como esse, a história começa a mudar, muitos estão desistindo de vir e outros pensando em voltar", afirmou.

Depoimentos

Ainda abalados com a morte do compatriota, os amigos de Giuseppe prestaram depoimento, na tarde de ontem, à delegada Adriana Arruda, titular da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur).


FONTE DIÁRIO DO NORDESTE
NATHÁLIA LOBO/EMERSON RODRIGUES
REPÓRTERES

Fortaleza em s21

Guerra? 725 mortos este ano

25/5/2010


Homicídios na Grande Fortaleza cresceram 49,4 por cento em 2010 se comparados a igual período do ano passado
O assassinato do turista italiano Giuseppe Paparone, 52, em Fortaleza, é mais um capítulo do avanço da criminalidade na Capital cearense e sua região metropolitana. Os números dos homicídios na RMF este ano são assustadores e sem precedentes. De zero hora do dia 1º de janeiro até a noite de ontem (24), nada menos que 725 pessoas foram assassinadas, contra 485 em igual período de 2009, o que representa um aumento da ordem de 49,4 por cento.                          

Somente no último fim de semana, foram 18 pessoas assassinadas, sendo 12 em Fortaleza, duas em Pacajus e uma em cada um dos seguintes, municípios, Pacatuba, Maracanaú, Eusébio e Maranguape.

Entre as 18 vítimas, estão duas mulheres (uma delas permanece sem identificação) e um adolescente de 16 anos.

Catorze das 18 pessoas foram mortas a tiro. Ocorreram ainda dois casos em que os corpos apresentavam marcas de crueldade, como queimaduras, pés e mãos amarrados e os cadáveres - despidos - jogados às margens de estradas de terra ou em matagais de difícil acesso nos Municípios vizinhos.

Dos 18 crimes, em apenas dois deles houve a prisão em flagrante dos acusados. O primeiro deles aconteceu às 18h35 de domingo, na Rua Ávila Goulart, no bairro Vicente Pinzón (zona leste), onde o trabalhador Francisco Tomás, 42, foi detido por policiais do Ronda do Quarteirão depois de matar, a facadas, sua ex-mulher, Francileuda Conceição Gomes, depois de mais uma discussão por causa do fim do casamento.

O segundo flagrante - também feito por policiais do Ronda - aconteceu no Conjunto Alvorada, onde os PMs detiveram um adulto e um adolescentes acusados de matar o turista italiano durante um assalto.

Na Rua Moisés, bairro Vila Velha II (zona oeste), a vítima foi Francisco Wagner da Silva Carneiro, 20, executado, a tiro. Segundo a Polícia, ele era acusado de vários assassinatos e teria em seu poder uma ´lista´ com o nome de dez pessoas que deveriam ser eliminadas. Duas delas já foram mortas.

Crimes

Na Rua Abelardo Barbosa, na Barra do Ceará, a Polícia recolheu o cadáver de Pablo Wagner Miranda Severiano. Francisco Evandro Gonzaga de Oliveira, 36, foi assassinado, com vários tiros, na mesa de um bar na Avenida do Contorno Oeste. Na hora da fuga, os criminosos, que estavam em uma moto, ainda atiraram contra uma patrulha do Ronda do Quarteirão e conseguiram escapar na perseguição.

O adolescente Wenerson Andrade da Silva, 16, tombou morto, com vários balaços, na Rua Um do Conjunto Novo Mondubim. Dois cadáveres, sem identificação, foram encontrados com marcas de tiros e tortura no Eusébio e em Pacatuba.

Na Rua Miguel Calmon, no limite entre os bairros Vicente Pinzón e Praia do Futuro, populares se depararam com o corpo de um jovem que foi assassinado a bala. A Polícia identificou a vítima como Tiago da Silva Maia, de apenas 20 anos. Mais crimes de morte ocorreram nos bairros Bonsucesso, Alagadiço Novo, Siqueira e Aerolândia.

No bairro Croatá II, em Pacajus (Região Metropolitana de Fortaleza), os irmãos Raimundo Nonato e Francisco José do Nascimento foram fuzilados na porta de uma residência.


FONTE DIÁRIO DO NORDESTEFERNANDO RIBEIR
EDITOR DE POLÍCIA


Fortaleza supera Bagdá em homicídios

Tiros, pânico-III


Fortaleza sempre foi uma cidade muito conhecida entre as capitais nordestinas e nacionais pelo seu povo alegre e seu estilo de vida. Nós últimos anos, no entanto, Fortaleza tem sido comentada no âmbito nacional como uma das cidades mais violentas do País. Viver em Fortaleza virou um desafio. Para se ter uma ideia do alto índice de violência que aterroriza a Capital, somente este ano houve mais homicídios em Fortaleza do que em Bagdá, uma capital tomada por tropas estrangeiras num país em guerra. (Idem)

Lailton Melo
Fortaleza-CE
Postagem diario do Nordeste

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Major PMCE publica como forma de protesto sua primeira punição

Major Adrianizio esse é o cara da vez!!!

1. Da comunicação disciplinar:

clique na foto para ampliar

Vejam o que diz a lei:

clique na foto para ampliar
             2. Da manifestação preliminar:


clique na foto para ampliar

3. Da nota de punição:


clique na foto para ampliar

4. Da nota de culpa:

clique na foto para ampliar

6. Do comentário:
Apesar de o ato está viciado, este OFICIAL respondeu o motivo relatado pelo major sub-comandante do 5ºBPM signatário da manifestação preliminar da sua possível falta de serviço; observe abaixo que por orientação do próprio signatário da manifestação foi elaborado uma escala de serviço onde oficiais do presídio ficariam no período da manhã e outros no período da tarde. Vejam abaixo:

clique na foto para ampliar

Este oficial; como se verifica a escala; estava no período da tarde. Provando-se através da consignação de suas assinaturas na pauta de serviço, bem como no ofício 359/2010 do presídio militar do dia 30 de março. Vejam mais uma vez abaixo como prova material.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar
Na defesa preliminar, foi feito como prescreve a constituição respeitando-se a ampla defesa e o contraditório; no entanto após conhecida a defesa apresentada por este oficial; foi recheado um termo ACUSATÓRIO onde este alega que o oficial em sua defesa preliminar FALTOU COM A VERDADE, pois estava na assembléia legislativa conforme foto abaixo:

Agora o mais interessante é que o acusado; no caso este oficial; da falta do expediente poderia até mentir em sua manifestação preliminar; que não fez. O Brasil é consignado do pacto São José da Costa Rica; onde ninguém é obrigado a juntar provas contra si mesmo. E o autor da punição disciplinar é bem claro em dizer no próprio enquadramento da punição que fui punido por haver faltado com a verdade na manifestação preliminar. - Ora se é resguardado o direito de poder até mentir na sua defesa; fui punido pelo princípio da verdade sabida, extirpado da carta maior do nosso país.

A fora as inúmeras irregularidades na punição anexaram ao termo acusatório esta linda foto:



Ainda bem que foi na CASA DO POVO;
onde estava alardeado por três DEPUTADOS ESTADUAIS.

Senhores seguidores do nosso blog; esta é a REALIDADE do Ceará de quem busca melhorias.

Quanto a punição: entrei com reconsideração de ato; onde vou utilizar todos os recursos necessários para a anulação e até pedido de habeas-corpus se continuarem a praticar todos os atos administrativos de forma errada.

FONTE: BLOG MAJOR ADRIANIZIO PAULO


quinta-feira, 20 de maio de 2010

Ronda ´vira´ Polícia nas ruas

17/5/2010


Com novo comando e nova filosofia de atuar contra o crime, patrulhas conseguiram, em quatro dias, apreender 25 armas
Vinte e cinco armas de fogo - entre pistolas, revólveres e até escopetas - apreendidas em apenas quatro dias, dezenas de prisões em flagrante, entre elas, a de um soldado PM do próprio batalhão. Esta é a nova ´cara´ do programa Ronda do Quarteirão (Batalhão de Policiamento Comunitário), depois da mudança de comando. Após quase dois anos sob a tutela direta da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS), sem apresentar resultados significativos, o Ronda agora começa a ganhar nova dinâmica sendo chefiado pelo Comando Geral da PM.

Desde a última quinta-feira, o efetivo do Ronda iniciou uma nova fase de trabalho, um dia após a posse de seu novo comandante, o tenente-coronel Werisleik Ponte Matias, que, até então, vinha chefiando a Companhia do Policiamento Rodoviário (CPRV), transformada, recentemente, em Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Polícia

"O Ronda continuará sendo educado nas visitas à população, mas será eficaz nas abordagens e legalista no enfrentamento ao crime, nada será dispensado. Será Polícia comunitária, mas vai também combater o crime", afirmou, ontem, ao Diário do Nordeste, o coronel Werisleik Matias. O oficial empregou a mesma tática, com resultados positivos, quando esteve à frente do policiamento nas estradas estaduais. A CPRV, depois transformada em PRE, não se limitou à fiscalização de trânsito, mas também combateu os crimes de assaltos a ônibus, roubo de cargas, tráfico de drogas, prostituição infanto-juvenil e outros delitos nas rodovias do Ceará.

Com a determinação de enfrentar o crime, o Ronda agora se alia ao Policiamento Ostensivo Geral (PGO), formado pelas patrulhas das 11 companhias pertencentes ao 5º e 6º Batalhões, unidades operacionais responsáveis pela segurança na Capital e região metropolitana.

"Queremos uma parceria com o Comando do Policiamento da Capital (CPC). Nas visitas que os policiais do Ronda fazem à população, vamos obter informações sobre o crime e estas serão repassadas ao CPC e também à Polícia Civil. Assim, o enfrentamento à criminalidade pode obter melhores resultados", afirma o militar.

Somente na última sexta-feira, 13 armas de fogo foram apreendidas na Capital, durante abordagens feitas pelas patrulhas em Maracanaú, Caucaia, Pici, Meireles, Aerolândia, Vila Manoel Sátiro, Parque Santo Amaro, Icaraí, Jóquei Clube, Praia do Futuro e no Bom Jardim. Naquele dia, uma denúncia da população, via celular, levou os policiais da viatura RD-1030 (Meireles) a prender um assaltante armado com uma pistola de calibre 7.65 em plena Avenida Abolição, e impediu que ele e seu comparsa praticassem mais uma ´saidinha´ bancária nas ruas da Capital.

Fim de semana

No sábado e no domingo, outras detenções foram realizadas pelas patrulhas do Ronda com o apoio das viaturas do Comando do Policiamento da Capital. Ontem à tarde, uma dupla de assaltantes foi perseguida e presa por PMs do Ronda Motos subordinada à 4ª Companhia do 6º BPM (Conjunto Ceará). Segundo a tenente PM Lívia, os bandidos haviam assaltado um posto de combustível no bairro Bom Jardim e empreendiam fuga, quando foram cercados pelos militares. "Um deles é maior de idade e o outro adolescente. Os policiais conseguiram fazer a abordagem e encontraram com eles um revólver de calibre 38 municiado", afirmou Lívia. Segundo a oficial, a dupla foi encaminhada ao plantão do 12º DP e, em seguida, transferida para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Já no sábado, foram feitas apreensões de armas de fogo nos bairros Jardim Violeta, Papicu, Genibaú, Presidente Kennedy e nos Municípios de Caucaia e Eusébio. Durante a madrugada, uma equipe prendeu, em flagrante, Edivando Pereira de Sousa, que tinha acabado de praticar um assassinato. Armado com uma faca, ele matou a adolescente Natânia Ribeiro do Vale, 17. O crime ocorreu em uma favela próxima à Rua Oliveira Filho, no Vicente Pinzón (zona leste da Capital).

Já em Maracanaú, policiais do Ronda fizeram um cerco na Avenida Raimundo Pessoa de Araújo e capturaram três homens que vinham realizando assaltos naquela região, sendo identificados como José Aírton de Almeida Júnior, Francisco Jocileudo Leite da Silva e José Damião de Paula. Além de recuperar vários objetos roubados nos assaltos, os policiais apreenderam com os acusados um revólver calibre 38.

Apreensões

As constantes abordagens a suspeitos nas ruas de Fortaleza - que antes eram proibidas aos policiais do Ronda - levaram o grupo Raio (Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas) a se tornar o campeão no número de apreensões de armas de fogo, superando outras unidades do policiamento ostensivo.


FERNANDO RIBEIRO
EDITOR

Câmeras vão monitorar as viaturas do Ronda na rua

20/5/2010


Equipamentos podem auxiliar na apuração de denúncias e, assim, evitar injustiças. Imagens ficarão arquivadas

A partir de hoje, viaturas do Ronda do Quarteirão começam a ser monitoradas, em tempo real, por um sistema de câmeras instaladas dentro e fora das viaturas, que permitirão o acompanhamento de tudo o que acontece durante o trabalho dos policiais nas ruas da cidade.

A previsão do coronel PM Joel Brasil, secretário-executivo de Segurança Pública do Ceará, é que, nos próximos dois meses o sistema esteja funcionando em todas as 213 viaturas que operam na Capital e Interior do Estado. "E ainda nas 48 viaturas reserva que substituem as outras em caso de necessidade", destacou.

Software

O novo sistema - que complementa o monitoramento já existente via GPRS e satélite - permitirá que as imagens das viaturas sejam vistas na sede do Batalhão Comunitário e, ainda, pelos comandantes, via celular. "Foram instalados softwares nos telefones celulares dos comandantes e assim todos poderemos acompanhar, em tempo real, o que estar ocorrendo com as equipes. Desta forma, teremos uma interação muito maior com os policiais que estão em operação, corrigir condutas de abordagem e até ajudar na tomada de decisões", avaliou o coronel PM Werisleik Ponte Matias, novo comandante do Ronda do Quarteirão.

De acordo com um dos coordenadores do monitoramento, Sidney Botelho, o novo sistema traz mais funcionalidade ao trabalho já realizado. "Tínhamos alguns indicadores, como o de que a viatura não podia ficar parada por mais de 15 minutos, a não ser em ocorrência. Através de um mapa, também podíamos observar se a viatura saía de sua área sem aviso prévio. Agora, teremos toda a dimensão do que está acontecendo dentro e fora da viatura, inclusive no xadrez", destacou.

Imagens

Para o coronel Werisleik, as imagens - que ficarão arquivadas durante 20 dias - proporcionam maior segurança para a comunidade e para os próprios policiais. "Quando houver uma denúncia contra os militares, por exemplo, as imagens nos auxiliarão a esclarecer o que de fato ocorreu e evitarão injustiças. Para o bom policial, as câmeras são aliadas. Para o mau policial, são inimigas". O Ronda conta com 2.680 homens.

NATHÁLIA LOBO
REPÓRTER

Policiais civis cearenses paralisam atividades

20/5/2010


O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Ceará (Sindepol), aderiu ontem ao movimento nacional da categoria e orientou aos inspetores e escrivães que paralisassem as atividades por tempo indeterminado.

A categoria resolveu deflagrar a greve para pressionar os deputados federais a votar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 446/09, que cria o Piso Salarial Nacional. A matéria deveria ter sido votada em sessão extraordinária do plenário ontem, o que não ocorreu.

No começo da noite de ontem, a direção do Sindepol se reuniu com a categoria para avaliar o movimento e decidiu manter a paralisação durante o dia de hoje. "Vamos continuar até que a PEC 446 seja votada", afirmou o vice-presidente do Sindepol Marcos Costa.

Apesar da direção do sindicato afirmar que a adesão da categoria foi grande, pouco mais de dez pessoas estiveram presentes na assembleia geral da categoria ocorrida ontem, em frente ao Sindepol. Além disso, o atendimento em algumas delegacias visitadas pela Reportagem foi normal. No 2º DP (Aldeota), todos os tipos de procedimentos estavam sendo realizados.

Só flagrantes

De acordo com a orientação do Sindepol aos inspetores e escrivães, Boletins de Ocorrências (BOs), não devem ser registrados, apenas Autos de Prisão em Flagrante e Termos Circunstanciados de Ocorrência.

Senado aprova ‘Ficha Limpa’

20/5/2010


O texto aprovado por unanimidade vai à sanção do presidente Lula e pode valer já para as eleições deste ano

Brasília O Senado aprovou no início da noite de ontem o projeto Ficha Limpa, que impede a candidatura de pessoas com problemas na Justiça.

O texto, que recebeu voto favorável de todos os 76 senadores presentes, vai à sanção do presidente Lula e pode valer já para as eleições deste ano.

Tanto governistas como oposicionistas concordaram que a proposta não é “perfeita” nem “acabada”, mas concordaram emvotar o texto sem emendas porque ele “representa um passo importante na moralização da política do País”.

Se houvesse alteração, o projeto voltaria à Câmara, o que diminuiria as chances de entrar em vigor neste ano.

Como a pauta do Senado está trancada por medidas provisórias, o primeiro-vice-presidente do Senado, Marconi Perillo (PSDB-GO), que ocupa interinamente a presidência da Casa porque José Sarney (PMDB-AP) está nos EUA, abriu uma sessão extraordinária para analisar a matéria, atendendo a uma questão de ordem do PSDB.

O plenário aprovou também a inversão da pauta para antecipar a votação da proposta.

A senadora Marina Silva (PV-AC), que estava licenciada para se dedicar à pré-candidatura à Presidência da República, voltou ontem ao Senado para participar da aprovação do Ficha Limpa e do reajuste de 7,72% das aposentadorias de quem ganha acima de uma salário mínimo.

O projeto Ficha Limpa aprovado pelo Congresso é resultado de iniciativa popular com 1,6 milhão de assinaturas.

A nova lei prevê tornar inelegível aqueles que tenham sido condenados por decisão colegiada da Justiça (por mais de um juiz), mas estabelece o chamado efeito suspensivo, também em caráter colegiado. Fica permitido ainda um recurso a outro órgão colegiado de uma instância superior para que se obtenha uma espécie de ‘autorização” para registrar a candidatura. Pela legislação atual, o candidato só fica inelegível quando não existir mais a possibilidade de nenhum recurso.

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio, entrou com um questionamento no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sobre a validade da lei já para as eleições deste ano. O tribunal ainda não se pronunciou a respeito.

O projeto Ficha Limpa já havia sido aprovado, na tarde de ontem, por unanimidade, pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

A votação havia sido simbólica e os senadores mantiveram o mesmo texto aprovado na Câmara dos Deputados.

APÓS VOTAÇÃO

Governo e oposição satisfeitos

Brasília Após a votação do projeto Ficha Limpa em sessão extraordinária que durou cerca de quatro horas, governo, oposição e movimentos sociais saíram satisfeitos.

O senador Demóstenes Torres (DEM-GO) estimou que cerca de 25% dos futuros candidatos devem ser barrados com a nova lei. ´Eu acredito que o número vai ser muito grande, pelo menos um em cada quatro, porque tem muita gente acostumada a praticar irregularidades e o leque de crimes que passam a provocar inelegibilidade se amplia muito´, disse o democrata.

O líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR), disse que o texto "ainda precisará ser aperfeiçoado no futuro, porque ainda é muito genérico, pode cometer injustiças e não pegar quem tem que pegar. Mas é um avanço, sem dúvida", destacou Jucá.

Quem também ficou satisfeito foi o secretário-geral da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Dimas Lara Barbosa.

Para o bispo, que dirige uma das instituições que promoveram o projeto, a nova lei vai inibir os criminosos. "Ao recorrer, o recurso ganhará prioridade para ser julgado. Então, se o candidato tiver culpa no cartório, ele vai preferir cumprir os trâmites normais da justiça e abrir mão da eleição, porque se recorrer ele pode ser preso´.

Ainda segundo dom Dimas, a expectativa é que a nova lei abra precedentes para que a ética no trato com as coisas públicas se amplie.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Michel Temer garante votação da Pec300 entre os dias 18 e 19.

07/05/2010


O presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), reafirmou durante o Programa Fatos e Opiniões desta quinta-feira (6), que entre os dias 18 e19 vai levar a PEC 300 para votação em Plenário


A próxima semana é o prazo para que haja a tentativa de um acordo. Eu levarei ao Plenário de qualquer maneira. Se houver um acordo muito bem, melhor que vá acordado para o Plenário. Agora, não vou deixar isso no colo da presidência da Câmara, vou levar ao Plenário daqui a duas semanas, confirmou Temer.

O deputado federal Major Fábio (DEM-PB) está confiante na palavra do presidente e já iniciou a mobilização dos Policiais e Bombeiros para participarem da votação no próximo dia 18. “Chegou a hora, o grande dia. Quero convocar os nossos guerreiros da segurança a estarem em Brasília, na semana do dia 18, como confirmou o presidente da Câmara. Estaremos juntos para continuar a pressão em prol da PEC 300”, disse Fábio.

Além do deputado federal paraibano Major Fábio, os parlamentares Capitão Assumção (PSB-ES) e Paes de Lira (PTC-SP) também estão convocando os PMs e BMs para participarem da votação da PEC 300 na Câmara Federal.




Relator quer taxar bebidas para garantir piso salarial da polícia

12/05/2010 19:55


O relator, Paulo Pimenta, diz que o imposto sobre bebidas seria criado nos moldes da Cide.O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência Urbana vai propor a taxação de bebidas alcóolicas para garantir o dinheiro necessário ao piso salarial dos policiais e bombeiros. A informação é do relator da CPI, deputado Paulo Pimenta (PT-RS), durante audiência pública para discutir o piso salarial de policiais e bombeiros e a criação da Polícia Penal (PECs 300/08 e 308/04).

O relatório, que será entregue até o final do mês de maio, também vai propor medidas para o controle das fronteiras e a profissionalização do sistema carcerário.

De acordo com o parlamentar, o imposto sobre as bebidas seria criado nos moldes da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CideA Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) é um tributo de competência da União que pode ser instituído em diversas áreas. A mais conhecida é a Cide-Combustíveis. Instituída em 2001, ela incide sobre importação e comercialização de petróleo e seus derivados, gás natural e álcool. Os recursos da Cide-Combustíveis são destinados, entre outras áreas, para infraestrutura de transportes.), com caráter transitório, para garantir os recursos necessários para custear o piso salarial de R$ 3,5 mil para os policiais de menor graduação e de R$ 7 mil para os de nível superior até que seja criado um fundo específico.

Álcool e violência

Pimenta disse que escolheu o mercado de bebidas alcóolicas por conta da relação direta entre o consumo de álcool e as ocorrências policiais. “Se algum setor tiver de contribuir com a segurança pública, deve ser aquele que contribui para aumentar os índices de violência e o número de acidentes de trânsito”, defendeu o parlamentar.

A proposta teve boa aceitação entre os participantes da audiência. De acordo com o presidente da Associação Nacional das Entidades Representativas de Cabos, Soldados, Policiais e Bombeiros Militares do Brasil, Leonel Lucas Leme, a sugestão de Paulo Pimenta pode permitir a retomada da votação da proposta, que foi aprovada em março deste ano e retirada de pauta.

O texto aprovado pelo Plenário é o da PEC 446/09, que prevaleceu sobre a PEC 300/08, e definiu o piso provisório de R$ 3,5 mil para os policiais e bombeiros de menor graduação e de R$ 7 mil para os de nível superior até que uma lei federal determine os valores permanentes.

Leonel Lucas Lima disse que, em 2009, dos 322 policiais militares mortos no País, 5% cometeram suicídio, 30% morreram em serviço e 65% morreram no exercício de atividades paralelas, fazendo “bico”, no subemprego. Ele disse ainda que 11% da força está afastada por problemas psicológicos. “O que pode resolver essa situação é a aprovação do novo piso”, defendeu Lima. “Essa proposta vai garantir salário digno, vai tirar o policial do ‘bico’, vai permitir que ele possa comprar uma casa”, disse.

Greve de policiais

Durante a audiência, parlamentares e representantes dos policiais e bombeiros denunciaram que há uma suposta manobra do governo para evitar a conclusão do exame da PEC 446/09. O presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis, Jânio Bosco Gandra, informou que a Polícia Civil vai entrar em greve por período indeterminado se os deputados não votarem a proposta até a próxima terça-feira, 18. “Os líderes partidários estão agindo de forma truculenta para impedir a votação. Isso não é democrático”, disse Gandra.

Segundo ele, alguns deputados aproveitam o clima de campanha para defender a proposta nos corredores, mas na verdade não querem colocar a PEC em pauta porque votariam contra o texto. “Não dá mais para ficarmos nos corredores da Câmara ouvindo palavras de apoio de deputados que votam contra a proposta.”

Para os deputados Major Fábio (DEM-PB) e Capitão Assumção (PSB-ES), a ideia do líder do governo Cândido Vaccarezza (PT-SP) de antecipar o recesso branco para junho é um exemplo das manobras do governo para adiar as votações da Casa. “O governo esta usando de todas as artimanhas para que nada seja votado este ano”, disse Assumção.

Polícia Penal

O presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Rio de Janeiro, Francisco Rodrigues, defendeu a criação da Polícia Penal, prevista na PEC 308/04. Segundo ele, a profissionalização dos agentes que trabalham nas prisões é a maneira de quebrar o ciclo atual em que as penitenciárias pioram os criminosos ao invés de promover a ressocialização.

“Hoje o agente penitenciário é o braço do estado responsável por dizer não ao preso. Se ele quer médico, temos de dizer não, se quer assistente social, dizemos que não. Como podemos ressocializá-lo dessa maneira?”, disse. Rodrigues defendeu ainda que o sistema de segurança pública do País só será eficaz se tratar também do sistema penitenciário e não apenas do policiamento e da Justiça.

Reportagem – Carol Siqueira
Edição - Newton Araújo

sábado, 8 de maio de 2010

Justiça militar absolve PM gay de acusação de deserção na BA

A Justiça Militar absolveu um policial militar homossexual acusado de deserção na Bahia. O tenente da PM Ícaro Ceita do Nascimento afirma que está afastado da polícia em razão de "danos psicológicos", segundo avaliação médica, provocados por "perseguição homofóbica" na corporação. Segundo a PM, o processo de exoneração foi iniciado em 2008, porque o atestado médico obtido pelo tenente não foi homologado pela corporação. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.
Após a decisão, Nascimento afirmou que a vitória não foi só pessoal, ¿mas do movimento GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros) e da democracia brasileira¿. De acordo com o Grupo Gay da Bahia, essa foi a primeira vitória na Justiça Militar brasileira de um homossexual assumido. A PM negou perseguição e afirmou que vai respeitar a decisão da Justiça.

FONTE: TERRA

Delegado vítima de assalto e agressão

08 Mai 2010 - 00h55min


Quatro homens assaltaram o delegado Rommel Kerth, adjunto da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFV), na noite da última quinta-feira, no bairro Sapiranga, no momento em que ele chegava à sua residência. A quadrilha levou o veículo Corsa Sedan pertencente ao delegado e uma pistola. Durante a ação, os assaltantes agrediram a vítima, que ficou com escoriações pelo corpo.

Na tarde de ontem, o veículo foi localizado no bairro Lagoa Redonda, sem o pneu estepe e a bateria. A arma que o delegado escondeu debaixo do banco havia sumido, mas o distintivo da Polícia Civil foi deixado. Segundo a Polícia, os criminosos somente descobriram que a vítima se tratava de um delegado, quando passaram a vasculhar o interior do veículo. Até o início da noite, nenhum dos assaltantes havia sido preso ou identificado.

O POVO apurou que a abordagem ocorreu quando o delegado da especializada encostou o seu veículo Corsa Sedan para entrar em casa. Quatro homens em um veículo Santana, cor branca, pararam na esquina. Dois deles desceram e anunciaram o assalto. O delegado chegou a confidenciar para colegas policiais que pensou em reagir a abordagem, inclusive pegou a pistola. Mas desistiu quando percebeu a aproximação dos outros dois assaltantes. A arma então foi jogada para debaixo do banco do motorista.

As agressões ocorreram quando a vítima tentou argumentar com os assaltantes de que eles não precisavam entrar na residência, onde estavam a esposa e o filho do delegado, pois eles já estavam de posse do veículo.

Um cerco policial foi realizado por policiais civis e militares na área, logo após a fuga dos quatro criminosos. Mas nenhum suspeito foi reconhecido pelo delegado.

Aerolândia

Outro delegado foi vítima de assalto, este ano, quando teve a carteira roubada, com dinheiro e documentos. Raulino de Castro foi abordado por dois homens armados quando precisou reduzir a velocidade do seu veículo, na rua Capitão Aragão, por causa do canal, quando tentava acesso à avenida Raul Barbosa, no bairro Aerolândia. Segundo o delegado, a dupla fugiu assim que um dos criminosos o teria reconhecido. Dois meses antes, no mesmo trecho, o delegado Wagner Cavalcante sofreu uma tentativa de assalto.

E-MAIS

>O delegado Rommel Kenth é especialista em tiro. Ele está entre os 100 melhores atletas brasileiros de tiro prático, categoria standart. O delegado chegou a ser o segundo melhor atleta do Ceará no ranking nacional.
> O estilo tiro prático é uma das mais difíceis modalidades, pois os alvos são móveis. O atirador tem que identificar e acertar os alvos em um curto espaço de tempo. Em uma de suas performances, Rommel Kerth chegou a ter mais de 80% de aproveitamento.
>A família Kerth é de origem alemã e, no Brasil, se concentra mais nos estados de Minas Gerais e Maranhão. No Ceará há poucos integrantes da família.
 
FONTE: JORNAL O POVO Nicolau Araújo

Brasileiro terá nova identidade única e totalmente digital

06/05/2010 17:29 - Portal Brasil


O cidadão brasileiro terá, em breve, um novo documento de identidade, o Registro de Identidade Civil (RIC), que conterá um registro único para toda a federação, acabando com a emissão de identidade por cada estado. O RIC utilizará um processo informatizado que reúne em um só local os números dos documentos do portador, como CPF, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação e Título de Eleitor. Com isso, ajuda a evitar falsificações e torna mais rápida a transmissão de dados sobre uma pessoa em todo o território nacional. A medida foi regulamentada nesta quinta-feira (6), com a publicação do decreto nº 7166, assinado pelo presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva.

Divulgação/Ministério da Justiça

O novo Registro de Identidade Civil (RIC) será único para todo Brasil e acabará com a emissão de identidade por estado AmpliarO registro é uma espécie de cadastro com todas as informações do cidadão. O número do RIC ficará registrado em uma central de informações e será utilizado sempre que for necessário criar um novo documento. Essas informações serão arquivadas por meio de um sistema complexo de tecnologia, que inclui microchip e dados gravados a laser no documento, de forma semelhante a um cartão de crédito. Os dados podem conter, por exemplo, a altura e impressões digitais do portador.

A regulamentação ocorre após 13 anos de espera. A proposta do documento, criada em 1997, chegou a ser elaborada pela Polícia Federal há cerca de dois anos, mas faltava o decreto para poder colocá-lo em circulação.

O decreto, publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, cria o Sistema Nacional de Registro de Identificação Civil (SNRIC), que vai definir os critérios de implementação, manutenção e controle do RIC, além de sua operacionalização. A coleta dos dados necessários para a gestão da nova cédula de identidade do País e do Cadastro Nacional do RIC também está sob a responsabilidade do SNRIC. É essa estrutura que vai definir como será feita a integração dos cadastros estaduais de identificação civil, o que deve acontecer através de convênios dos estados com o Ministério da Justiça.

O Ministério da Justiça será o órgão responsável pela coordenação do SNRIC, e contará com o auxílio de um Comitê Gestor, composto pelos ministérios da Defesa, Fazenda, Planejamento, Trabalho, Previdência Social, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Saúde, Cidades, Desenvolvimento Agrário, além da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, Casa Civil da Presidência da República e o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), vinculado à Casa Civil.

O Comitê Gestor será encarregado de estabelecer as regras do funcionamento e da coordenação do SNRIC. Também disponibilizará os procedimentos acerca da implementação, operacionalização, controle e aperfeiçoamento do RIC, do SNRIC e do CNRIC. Outras funções do Comitê Gestor são: definir as características do cartão do RIC e zelar pela eficácia e atuação dos órgãos responsáveis pela nova cédula de identidade.

A expectativa é de que o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), órgão vinculado à Casa Civil da Presidência da República, responsável pela implantação do programa, inicia o projeto piloto no Rio de Janeiro ainda neste ano e implante o programa em todo o País nos próximos nove anos.

PROJETO PREVÊ CARGA HORÁRIA DIFERENCIADA PARA PROFISSIONAIS DA SEGURANÇA

PROJETO DE LEI No 5.799/2009


Estipula carga horária semanal máxima para os operadores de segurança que especifica, tais

como os que compõem os organismos militares estaduais, polícia judiciária e guardas municipais.

O Congresso Nacional decreta:

Art. 1º. A duração normal da jornada de trabalho dos operadores de segurança pública, tais como policiais militares dos Estados, corpo de bombeiros, guardas municipais, policiais civis, guarda portuária, polícia rodoviária federal, polícia federal, polícia ferroviária federal, dentre outros, não excederá a seis horas diárias ou trinta horas semanais.


Art. 2º. Aos operadores de segurança pública em atividade na data de publicação desta Lei, é garantida a adequação da jornada de trabalho, vedada a redução do salário.


Art. 3º. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.


Sala das Sessões, em de de 2009.

CAPITÃO ASSUMÇÃO
Deputado Federal – Espírito Santo

Fonte: Agência Câmara

Capitão Assumção: carga horária de agentes de segurança pública não pode ser a mesma do trabalhador comum.

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5799/09, do deputado Capitão Assumção (PSB-ES), que limita a 6 horas diárias ou 30 horas semanais a carga horária de trabalho dos agentes de segurança pública.

Pela proposta, policiais civis e militares, bombeiros, guardas municipais e portuários bem como policiais federais, ferroviários federais e rodoviários federais, "entre outros", terão direito a essa carga horária.

O autor da proposta lembra que os trabalhadores da segurança pública convivem diretamente com o perigo, o que gera desgastes físicos e psicológicos e uma maior exposição a doenças e acidentes de trabalho. O deputado argumenta também que os policiais, assim como já acontece com os profissionais de saúde, não podem ser equiparados ao regime comum de trabalho estipulado pela Constituição em 44 horas semanais.

A limitação da carga horária, de acordo com o deputado, também movimentará o mercado de trabalho e a economia brasileira. "O projeto fomentará a criação de vagas no setor de segurança pública, reduzindo assim o desemprego", disse.

Regulamentação

Segundo ele, enquanto a União não regulamentar a carga horária diferenciada para agentes de segurança, estados e municípios continuarão a promover uma "verdadeira farra" sobre o assunto. "Há casos de funcionários de uma mesma unidade da Federação que possuem regimes de trabalho diferenciados sem qualquer embasamento legal."

O projeto também garante a adequação do horário de trabalho aos agentes de segurança pública que estiverem em atividade na data de publicação da lei. Nesse caso, eles não poderão ter o salário reduzido em virtude da mudança da carga horária.

Tramitação

A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analsiada pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
 
FONTE: BLOG CAPITÃO ASSUMÇÃO

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Aberta inscrições para o ciclo 19 dos cursos ead-pronasci


A partir desse ciclo 19, as inscrições ocorrerão em duas etapas. Na primeira, do dia 7 a 9/04, o aluno só pode se inscrever em um curso. Entre os dias 10 e 11/05, caso o limite de 200 mil vagas não seja atingido o aluno já cadastrado e que não tenha evadido no ciclo anterior poderá solicitar inscrição em mais um curso, até o limite previsto de 200 mil inscrições.

Link de inscrição:
http://senaspead.ip.tv/ficha_inscricao/ficha_contrato.asp

Soldado PM preso com arma sem registro e em companhia do pistoleiro "Mainha"

7/5/2010


O soldado da Polícia Militar Márcio Maia Rodrigues foi preso na tarde de ontem, em Maracanaú, com um revólver sem registro, além de um colete à prova de balas, um par de algemas e dois facões. O PM, que está afastado da função e, segundo a Polícia, já responde por outros crimes, estava na companhia do pistoleiro Idelfonso Maia da Cunha, o ´Mainha´; e de Jocélio Xavier Cosmo.

De acordo com o major PM Ricardo Moura, supervisor de Policiamento da Capital, o militar e os dois homens, transitavam pela CE-065, em um veículo Vectra, de placas HUP-0204, quando uma patrulha do Ronda do Quarteirão desconfiou da atitude dos ocupantes do carro e ordenou que eles parassem.

O trio não obedeceu à ordem dos PMs e empreendeu fuga. Um cerco foi realizado e os suspeitos detidos. O militar disse que as armas, as algemas e o colete eram dele. Os três foram levados para a Delegacia Metropolitana de Maracanaú (DMC).

O PM foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. ´Mainha´ e Jocélio foram ouvidos e liberados.

PMCE- Promoções beneficiarão 4,2 mil PMs até 2011

07 Mai 2010 - 03h08min


O novo plano de promoções da Polícia Militar pode fazer com que até 4,2 mil militares sejam promovidos no Ceará no espaço de um ano. A estimativa é das associações da categoria e resultaria em impacto mensal de R$ 1,1 milhão no Tesouro Estadual.

Ontem, dirigentes dessas associações e coronéis do Comando Geral discutiram pela terceira vez na semana o documento. Após três horas de reunião, deliberaram sobre a redução do tempo de espera para a elevação de soldados, cabos e sargentos. O único ponto fora da pauta foi a ascensão de subtenentes a tenentes. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) ainda não se posicionou sobre o assunto.

Com o novo plano, um soldado passará cinco anos no cargo antes de tornar-se cabo - hoje, são sete anos. Um cabo precisará de quatro anos para ser sargento. Atualmente, são seis anos. E um sargento será promovido a subtenente em três anos. Pelo esquema vigente, são sete anos.

``Mas esses cerca de quatro mil homens não serão promovidos todos de uma vez``, ponderou o presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, Flávio Sabino. Segundo ele, as primeiras elevações devem acontecer em outubro e contemplarão 33% da tropa. O restante será promovido dentro de mais 120 dias.

O calendário foi fixado em acordo com o Comando. Porém, para começar no período correto, o plano deve ser publicado no Diário Oficial do Estado até 30 de junho, pois a lei eleitoral impede que benesses desta natureza sejam concedidas pelo Governo após esta data. Antes, ainda será enviado à Assembleia Legislativa. (Bruno de Castro)

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Vídeo de Homenagem aos Guerreiros. Juntos somos muito fortes!




Major Adrianízio esse é o cara da vez!



















Visitem seu blog:  http://majoradrianizio.blogspot.com/

Colabore com a PEC300! Divulgue esta mensagem no seu blog ou orkut.

Caríssimos (as) companheiros (as)!


Falar de PEC 300, é falar de luta, mas luta de ideal, luta de busca pela dignidade. A PEC 300 não é só implantação de piso salarial, ganha-se consciência política, a nivel nacional, reflete-se com veemência do posicionamento das PM e BM perante o país, quais os papéis que lhe cabem, a PM é Protetora e transformadora da sociedade, é realmente o termômetro que mede o grau da civilidade? A PEC 300 traz tudo isso em seu bojo, é um marco histórico em nossas vidas, "antes e depois da PEC 300. Querem abafá-la, querem matá-la, mas não vão conseguir, nós a queremos viva, todos nós juntos somos fortes, chega de divisão, seja ela qual for, precisamos de consciência, precisamos nos unir, do recruta ao coronel, precisamos fazer um corpo uno. Assim vamos ser respeitados! Assim alcançaremos nossos objetivos. Agora clamo a todos, faço um apelo a todos, a PEC 300 precisa ser subsidiada, precisa de recursos, então de forma voluntára, cada um que quiser e puder, nesta sexta-feira, dia de pagamento, faça a transferência de R$1,00 (um real) para a conta da PEC 300, nº Agência 6157, c/poupança 04702-5/500. Todo esse montante de R$1,00 será utilizado principalmente em publicidade e custo para viagem à Brasília e o balancete pertinente será realizado e mostrado via e-mail. Precisamos manter a pressão! Contamos com todos, mesmo que o companheiro (a) não seja PM ou BM, divulgue essa orientação para quem seja e se você quiser ser ser voluntário a comissão ficará grata.

Vamos à Vitória!

visualizar o perfil de Coronel: http://www.orkut.com.br/Profile?uid=11583618272170785511&mt=2

Integrante da Comissão Organizadora PEC 300/RJ.

Governo muda comando do Ronda do Quarteirão

A mudança já foi publicada no Diário Oficial do Estado. Segundo o major Marcos Costa, relações públicas da Polícia Militar, a mudança deve ser efetivada em dois a três dias


06 Mai 2010 - 11h48min


O programa Ronda do Quarteirão passa a ter novo comandante nesta quinta-feira, 6. O tenente-coronel Werisleyk Pontes Matias, que antes era comandante da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Em seu lugar assume o coronel Túlio Studart, que era comandante do programa de policiamento.

A mudança já foi publicada no Diário Oficial do Estado. Segundo o major Marcos Costa, relações públicas da Polícia Militar, a alteração deve ser efetivada em dois a três dias, prazo legal para as adaptações.

Ainda não há confirmação se haverá algum tipo de solenidade para a posse dos novos comandantes. Ainda segundo o major Marcos Costa, outras 16 transferências devem ocorrer em Fortaleza e no interior do Estado.

Redação O POVO Online

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Brasil pode perder Copa de 2014!

Pouca gente está sabendo que o Brasil já desrespeitou todos os prazos fixados até agora para iniciar as obras (principalmente construção e reforma de estádios) para a Copa do Mundo de 2014. E em contrapartida, a entidade máxima do futebol avisou que já estuda uma alternativa para 2014.

A Fifa já enviou um alerta ao governo sobre a existência de um plano de contingência. Se o Brasil continuar descumprindo as metas e os prazos estabelecidos pela entidade, a Inglaterra já estará pronta e preparada para receber a Copa de 2014.

Pelo cronograma imposto pela Fifa, as arenas já deveriam estar sendo erguidas desde janeiro passado. Como nenhum tijolo foi movido, prorrogou-se o prazo para março. Mas, de novo, nada aconteceu. O derradeiro “limite” – também não levado a sério pelos organizadores – termina nesta semana.

Policiais civis de todo Brasil marcam assembléia para deliberar greve

04/05/10

Os policiais civis de todo o país realizam assembleias estaduais na próxima quarta-feira, dia 14 de maio, para deliberar sobre indicativo de greve geral a partir do dia 19 de maio. A convocação é da Cobrapol e da Comissão Coordenadora do Movimento em Defesa dos Policiais. Ainda hoje, a proposta será apresentada à Frente Parlamentar em Defesa dos Policiais e Bombeiros Militares, em reunião na Câmara dos Deputados, para que os militares e bombeiros engrossem o movimento paredista.

O presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra, ressalta que a greve só será deflagrada se a Câmara dos Deputados não votar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 446/09 que cria o Piso Salarial Nacional. A PEC foi votada em primeiro turno, mas foi retirada da pauta por meio de um acordo de líderes sem que três dos quatro destaques apresentados à matéria fossem analisados. Uma situação que fere por completo o Regimento Interno da Câmara dos Deputados.

Com o intuito de recolocar a PEC na Ordem do Dia do plenário da Câmara, a Cobrapol, em conjunto com a Frente Parlamentar em Defesa dos Policiais e Bombeiros Militares, iniciou um trabalho de coleta de assinaturas de deputados que votaram a favor do Piso Salarial Nacional para anexar a um requerimento que será entregue ao presidente da Câmara, deputado Michel Temer.

Por Giselle do Valle
Fonte: Imprensa Cobrapol

terça-feira, 4 de maio de 2010

Projeto de assistência à saude beneficia militares do Estado

4/5/2010


A mensagem do Governo à Assembleia aumenta a assistência de saúde hoje prestada aos servidores estaduais

O montante de verbas estaduais aplicadas no Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará (Issec) deverá aumentar ainda este ano. O acréscimo de repasses para o Instituto ocorrerá em razão da incorporação dos policiais militares ao plano de saúde do Estado. De acordo com o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Nelson Martins (PT), o Executivo vai enviar mensagem à Casa tratando dessa incorporação.                                                  

Segundo ele, o Orçamento anual do Issec deverá dar um salto de 164% em quatro anos, já que, em 2006 eram gastos com o Instituto R$ 29,5 milhões. Agora, com a inclusão de PMs e bombeiros o custo passa para R$ 78 milhões.

Ele pontua que atualmente, há 120 mil associados no Issec. Com a entrada dos militares, que corresponde aos integrantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, o número de servidores associados ao Instituto subirá para 180 mil, deixando claro que também está contabilizado os dependentes dos servidores policiais.

De acordo com o líder governista, o gasto mensal com o Issec hoje, é de R$ 4,2 milhões. Com a incorporação dos policiais militares e bombeiros o custo mensal passará a ser de R$ 6,5 milhões. Nelson esclarece que os servidores não contribuem diretamente com o Issec e sim, para a Previdência Social.

Ele alega que a incorporação dos militares acarretará no aumento do número de consultas, internações, exames e outros serviços de saúde. Contudo, ressalta que isso já vem melhorando. Ele informa que antes do atual Governo, o número de consultas era limitado porque o Orçamento do Instituto também era limitado. Atualmente, pondera que o número de consultas já aumentou, embora ainda haja um controle sobre elas.

Procurador

O parlamentar não soube informar quando o projeto integrando os policiais militares e bombeiros ao Issec irá dar entrada na Assembleia. Isso porque, informa Nelson Martins, o procurador-geral do Estado, Fernando Oliveira, deixou o cargo na última sexta-feira, e um novo procurador ainda não tomou posse.

Enquanto isso a mensagem do Governo que altera alguns dispositivos da Lei que criou o programa Pró-Cidadania, no que diz respeito à aspectos constitucionais, segundo Nelson Martins, já está pronta para ser aprovada no plenário da assembleia Legislativa

Terceiro banco atacado no Interior em 4 dias

4/5/2010


Ontem, foi a agência do BB de Orós o alvo dos criminosos. Os ataques a bancos no Interior do CE desafiam a Segurança

Depois de Pedra Branca, Banabuiú, Novo Oriente, Aiuaba, Saboeiro e Nova Russas, ontem foi a vez da cidade de Orós (364Km de Fortaleza) tornar-se palco da ação violenta de uma quadrilha que vem atacando agências bancárias no Interior cearense. Foi o terceiro assalto em apenas quatro dias. O alvo foi o Banco do Brasil.

Repetindo o modo de agir, os assaltantes invadiram a cidade de Orós, por volta das 10h30 de ontem e chegaram ao banco atirando. Funcionários e clientes logo se transformaram em reféns. Os assaltantes destruíram as portas de vidro da agência e entraram no prédio. O gesto da quadrilha foi o mesmo que aconteceu, na última quinta-feira (29), nas cidades de Saboeiro e Nova Russas.

Bala

Segundo apurou a Polícia, eram, pelo menos, cinco homens armados com fuzis, pistolas e escopetas. Eles chegaram na cidade de Orós a bordo do Gol branco, de placa HUV-3378 (Fortaleza). O ataque foi rápido, preciso e violento. Além de roubar o dinheiro que havia nos caixas, os ladrões agrediram os clientes que estavam junto aos caixas eletrônicos e tomaram também o dinheiro deles e objetos pessoais. A fuga foi em direção ao Município de Jaguaribe. Os seguranças da agência, identificados como Edinaldo Caetano da Silva e Francisco de Assis Ribeiro de Castro, foram levados como refém mas, logo libertados. Na localidade de Sítio Canto do Juazeiro, no distrito de Feiticeiro, o grupo incendiou o Gol. O delegado-regional interino de Icó, Pedro Viana, iniciou, imediatamente, as investigações em torno do fato.

Repetição

Este foi o oitavo assalto a banco no Ceará este ano, contra igual número de ataques nos quatro primeiros
meses de 2009. O roubo ocorrido ontem reforça o fato que está sendo investigado pelas autoridades; a crescente ação de quadrilhas nas cidades interioranas, onde o aparato de segurança é precário e onde os bandidos têm facilidades para empreenderem fuga.

Na semana passada, duas agências do BB foram atacadas pelos criminosos. Em Saboeiro, o bando estendeu sua ação para alguns estabelecimentos locais, entre eles, uma lotérica. Já em Nova Russas, os bandidos dispararam muitos tiros e fugiram com cerca de R$ 850 mil, conforme notícias extraoficiais.

Uma das ações mais ousadas contra bancos este ano aconteceu no dia 5 de janeiro, quando um bando com fuzis sitiou a cidade de Pedra Branca (a 262Km de Fortaleza) e invadiu as agências do BB e Bradesco (colaborou, Richard Lopes).


FONTE DIÁRIO DO NORDESTE
FERNANDO RIBEIRO
EDITOR

Fortaleza em S21

Fim de semana na RMF registra 17 assassinatos

Dezessete pessoas foram assassinadas na Capital e região metropolitana durante o fim de semana, elevando para 601 o número de homicídios na Grande Fortaleza somente este ano. Entre as 17 vítimas dos crimes de morte figuraram dois adolescentes.

A sequência de assassinatos teve início na noite de sexta-feira e só parou às 23h48 de domingo. Dezesseis pessoas foram mortas a tiro e um a golpes de gargalo de garrafa.

Sangue

Os homicídios ocorreram nos bairros Centro, Cristo Redentor, Messejana, Conjunto São Cristóvão, Vila Velha, Parque São José, Siqueira, na Favela São Miguel, no distrito da Pajuçara, em Maracanaú (2 casos), além de Eusébio (2 homicídios) e em Caucaia (5 casos).

No Eusébio, um homem, identificado como Antônio Carlos Rodrigues Campina, 26, foi executado com 10 tiros de pistola na porta de sua casa, na localidade de Tamatanduba. Há suspeitas de um ´acerto de conta´. Também no Eusébio, Um homem conhecido por Eduardo foi fuzilado na Rua Blumenau. No distrito da Pajuçara, em Maracanaú, Antônio Wagner Almeida da Silva e Cláudio Anselmo Costa dos Santos, foram fuzilados. No bairro Siqueira, um garoto de 17 anos acabou morto, a tiro, na Rua Alves Bezerra.

domingo, 2 de maio de 2010

PMDF regulariza "bico" de Policiais Militares

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL

POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL
COMANDO GERAL

BOLETIM DO COMANDO GERAL Nº 066 12 DE ABRIL DE 2010 Pág. 01 PARA CONHECIMENTO DA POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL E DEVIDA EXECUÇÃO, TORNO PÚBLICO O SEGUINTE:

ATOS DO COMANDANTE-GERAL

Art. 1º É permitido ao policial militar exercer atividade remunerada, na iniciativa privada, desde que não haja contrariedade às prescrições contidas nos arts. 29 e 30 da Lei nº 7.289/84.

Art. 2º A atividade laboral a ser exercida pelo policial militar em seu horário de folga não deverá ser atentatória à moral, à ética e ao decoro da classe, e deverá ser exercida em conformidade aos regramentos que regulamentam a atividade profissional por ele executada.

Art. 3º A atividade extracorporativa exercida pelo policial militar em horário de folga não poderá prejudicar a qualidade dos serviços prestados na Corporação, devendo, dessa forma, haver compatibilidade de horários e funções, visando garantir o cumprimento do princípio da supremacia do interesse público sobre o privado.

§ 1º Fica expressamente proibida qualquer alteração nas escalas de serviço, ou no horário
de expediente do policial militar, visando assegurar o exercício de atividade laboral extracorporativa, em detrimento das atribuições funcionais do seu cargo público.

§ 1º Fica expressamente proibida qualquer alteração nas escalas de serviço, ou no horário de expediente do policial militar, visando assegurar o exercício de atividade laboral extracorporativa, em detrimento das atribuições funcionais do seu cargo público.

§ 2º A atividade laboral extracorporativa desempenhada pelo policial militar não poderá prejudicar o seu comparecimento aos serviços extraordinários ou outras requisições judiciais ou -administrativas decorrentes da atividade policial-militar.

Art. 4º É vedado ao policial militar da ativa:

I – a utilização de quaisquer dos bens e serviços da Corporação e, ainda, utilizar-se da sua condição de agente público no exercício de suas atividades extracorporativas;

II – o exercício de atividade extracorporativa remunerada em instituição que mantenha contrato de prestação de serviço com a Corporação, conforme previsto no inciso III, art. 9º da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Parágrafo único. O disposto no inciso II deste artigo diz respeito apenas ao contrato específico que porventura a instituição contratada mantenha com a PMDF.

Art. 5º Os casos omissos serão resolvidos à luz da legislação em vigor.

Art. 6º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.

RICARDO DA FONSECA MARTINS – CEL QOPM

Comandante-Geral